Foco na notícia

MENU
Logo
Sexta, 03 de julho de 2020

Importante

"Homem Pateta": polícia alerta os pais para novo perfil que incentiva o suicídio

Depois da "Baleia Azul" e a "Boneca Momo", prática criminosa volta às redes sociais

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Depois do surgimento da "Baleia Azul" e da "boneca Momo", um novo tipo de perfil surge nas redes sociais para incentivar o suicídio: o Homem Pateta. O alvo principal são crianças e adolescentes, que utilizam a internet na maioria das vezes sem controle dos pais ou responsáveis. O alerta no Brasil foi feito pela polícia civil de Santa Catarina, na última semana, depois que perfis com esta imagem foi descoberto no país, o perfil traz o nome de jhonathan Galindo, e a foto de um homem com máscara de cachorro. Este foi apelidado de homem pateta.

Segundo a polícia, esses perfis trazem mensagens e montagens que assustam os menores com terror e conteúdo que induz ao suicídio. Os perfis tem poucas postagens e as mensagens com "DESAFIOS" são enviadas pelo aplicativo de mensagens das redes sociais. Após "cumprir" o desafio, a criança ou adolescente é obrigada a enviar mensagens, fotos, vídeos e áudios e até ligação por vídeo chamada. Com está resposta, o perfil gera desconforto e tenta induzir o suícidio, a criança ou adolescente é oprimida e vira motivo de chacotas, o que pode levar ao ponto fatal.

No início deste ano, esse tipo de desafio era proposto pela boneca momo, que "aparecia" em vídeos infantis ensinando, o passo a passo, como as crianças deveriam fazer para cortar os pulsos. Já em 2017, o jogo da época era o baleia azul, que também incentivava a prática do suicídio, fazendo vítimas por todo o mundo. O "Homem pateta", já circula em outros países desde 2017, Até o momento, não há casos registrados de autoviolencia por conta desse desafio, mas sabe como é né? Melhor ligar o sinal de alerta, já que a tática de desacreditar e menosprezar as crianças e adolescentes são similares à outros que fizeram. 

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível