Foco na notícia

MENU
Logo
Quarta, 16 de junho de 2021

Curiosidades

Família encerra velório na Bahia após pastor ter 'visão' de que criança estava viva

Após voltar ao hospital, morte foi confirmada novamente por médicos

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O velório de uma menina de um ano e 10 meses foi encerrado às pressas na cidade de Itaetê, na Chapada Diamantina, após um pastor evangélico dizer que o bebê estava vivo. O corpo foi retirado do caixão e levado até um hospital, onde os médicos reexaminaram a garota e constataram a morte.

Na primeira ida ao hospital, na madrugada desta quinta-feira (25), os profissionais de saúde já constataram o óbito, informa o G1. A equipe médica tentou reanimar a garota por cerca de 30 minutos, e a morte foi confirmada pelo médico de plantão.

A família, então, levou a garota para o funeral. Porém, de madrugada, os parentes voltaram a procurar a unidade de saúde a família, informando que o pastor tinha tido uma revelação e que disse a eles que a criança estaria viva.

Os profissionais do posto informaram que a menina não tinha sinais vitais. Os familiares insistiram, levando o corpo para o hospital. Lá foi feita uma nova avaliação que confirmou a morte pela segunda vez.

A Polícia Civil informou que recebeu relatos dos familiares de que a criança teria se movido durante o velório. A ocorrência foi registrada na Delegacia Territorial de Itaberaba, mas será investigada na unidade de Itaetê, onde aconteceu a "revelação" do pastor.

Disse ainda que, como a causa da morte da garota não estava definida no laudo, expediu as guias para a perícia, que vai definir o motivo do óbito.

“A gestão municipal se solidariza profundamente com a tristeza e dor da família e lamenta que estejam passando por esta situação tão triste”, a prefeitura disse em nota.

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível