Foco na notícia

MENU
Logo
Sexta, 03 de julho de 2020

Importante

Desmascarado na Internet: acusado de pedofilia é procurado no extremo Sul Bahiano, ele teria estuprado a própria filha.

Imagem de capa

Imagens

A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Especializada em encontrar e denunciar pedofilos, a "WNKNOWN PLATFORM", públicou nesta segunda feira um diálogo entre um fake criado pela página e Jovelino Antunes Brito neto,(45 anos), morador de camacã, no sul da Bahia. Logo ao perceber o perfil ficticio de uma garota de 11 anos no Facebook jovelino deu início aos diálogos, em um linguajar pesado o homem foi categórico em mostrar suas intenções.

Ao decorrer do diálogo e já confiante que teria uma próxima vítima, jovelino afirmou que já havia tido um caso com uma ex vizinha de também 11 anos, ele foi aos poucos explicando o que teria feito a garota que segundo ele já não morava mais próximo à ele, além de insinuar o que faria caso viesse a encontrar a garota fictícia à qual imaginava estar falando, jovelino chegou a mandar fotos nuas de uma garota de aparentemente 12 anos, se sentindo totalmente a vontade ele enviou por várias vezes fotos do seu órgão genital, ele também  afirmou diversas vezes que enviava fotos íntimas também para sua filha de 14 anos, e deixou evidente que mantinha relações sexuais com ela.

À reportagem Eunanews, de posse de todas as informações que nos foram cedidas procuramos através da Polícia Civil de Eunápolis informações sobre o caso, nos foi confirmado toda a situação, foi nos informado também que a polícia de outros estados estão em alertas para que a prisão seja efetuada com o máximo de urgência possível, com o intuito de evitar que ele faça novas vítimas segundo a PC.

Segundo informações, com a divulgação dos fatos através das redes sociais, jovelino fugiu de camacã com destino a Eunápolis, também no sul da Bahia, e Estaria escondido na casa de parentes, um investigador da Polícia Civil, informou à nossa reportagem que serão realizadas buscas por bairros da cidade para chegar a localização de jovelino.

Não faça justiça com as próprias mãos, ligue 190 ou 197 e denuncie! Não se cobra um crime cometendo outro!

DA REDAÇÃO: EUNANEWS

Fonte/Créditos: WNKNOWN PLATFORM/POLÍCIA CÍVIL

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível