Foco na notícia

MENU
Logo
Sexta, 03 de julho de 2020

Entretenimento

Baiana amanda nunes derrota canadense e entra para história mundial do UFC

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A baiana Amanda Nunes consolidou seu legado como uma das maiores atletas da história do MMA na noite de sábado (6), quando defendeu pela primeira vez o cinturão peso-pena ao vencer a canadense Felicia Spencer por decisão unânime na luta principal do UFC 250, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Com o triunfo, Amanda se tornou a primeira atleta na história do UFC – homem ou mulher – a defender os títulos de duas categorias de peso simultaneamente. A baiana já tem cinco defesas da coroa do peso-galo no currículo.

E a vitória foi, mais uma vez, absolutamente dominante: ao longo dos 25 minutos de combate, Amanda conectou 124 golpes significativos contra apenas 42 da adversária; além disso, aplicou seis quedas, não foi derrubada em nenhuma ocasião, e estava a segundos de definir o duelo com um mata-leão quando o gongo soou salvando a canadense ao final do 4º round.

Nascida no pequeno município baiano de Pojuca, a atleta Amanda aumenta assim seu cartel para 20-4, conquistando a 11ª vitória consecutiva dentro do Octógono – 2ª maior sequência ativa na organização.

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível