Eunápolis

Show da cantora Isadora Pompeo é marcado por manifestação de professores em Eunápolis.

Por: Emerson Caetano |

O clima anda tenso em Eunapolis, a prefeita conseguiu por meio da Câmara de vereadores que somente 14,42% de aumento fosse concedido, o que não agradou a categoria e isso tem motivado diversos protestos e no início da noite desta quarta-feira (11), véspera de aniversário da cidade a categoria voltou a tomar as ruas com gritos de ordens e reivindicando pacificamente pelo que lhe é de direito, direito esse concedido pelo reajuste nacional de 33,24%.

A manifestação de hoje ocorreu nas imediações onde está sendo realizado as festividades comemorativas aos 34 anos de emancipação política do município, entre as avenidas Porto Seguro e Santos Dumont, e contou com a presença de cerca de 800 professores.

Segundo a prefeita o reajuste salarial na casa dos 33,24%, comprometeria os avanços econômicos futuros do município. Os professores entraram em greve no último dia 19 de abril, alegando falta de diálogo por parte da gestão municipal. Atendendo à decisão judicial proferida que determinou o retorno de 50% dos professores da rede pública de Eunápolis ao trabalho, as aulas foram retomadas parcialmente na manhã desta terça-feira (10). A diretora da APLB/Sindicato, Jovita Lima, disse que, assim que a categoria foi notificada da decisão da Justiça, na última sexta-feira (6), realizou uma assembleia para decidir como seria a retomada das aulas. Ficou determinado que todos os trabalhadores voltariam ao trabalho, mas cumpririam 50% da carga horária.

Delta

Veja outras matérias