Eunápolis

Prefeitura de Eunápolis revive as tradições juninas e valoriza músicos locais nas vilas do forró

Por: Emerson Caetano |

A gestão Cordelia torres, vem construindo uma nova concepção de eventos juninos no município. O resgate as tradições manifestadas por meio da música e da cultura, desembarca nas vilas do forró, espalhadas por: pequi, Juca rosa, colônia e centauro.

A iniciativa da gestão visa sobre tudo acolher os talentos locais e usar recursos públicos para investir em artistas da terra, que viveram recentemente um período de dificuldades devido a pandemia do covid-19. Além de levar alegria, a festa junina tradicional também é extremamente importante para o setor econômico, gerando receitas ao comércio local, além dos diversos empregos temporários.

como tudo começou:

Os festejos juninos tão tradicionais na nossa região e fazem parte da história do nosso povo. A festividade foi trazida pelos nossos colonizadores portugueses, durante o século XVI. Há um conceito religioso em homenagem aos santos católicos Santo Antônio, São Pedro e São João, mas, segundo historiadores, sua origem é pagã.

Mesmo fazendo parte do calendário de eventos de todo país, se popularizou mesmo na região Nordeste, que sedia as maiores festas do Brasil. 

Os festejos juninos são regados de danças típicas, como as quadrinhas, que reúnem centenas de pessoas em compassos sincronizados e muito divertidos.

Os estilos musicais que predominam durante as festas são o forró e o sertanejo universitário. E tudo isso com os trajes caipiras, como manda o figurino.

Vestidos e camisas xadrez, chapéus de palha e maquiagens características fazem dos participantes personagens fundamentais durante a festa.

Sem falar das comidas típicas, que são de dar água na boca. Quentão, canjica, pé de moleque e muitos pratos à base de milho.

 

 

Delta

Veja outras matérias