Brasil

O FATANSMA AGRESSOR: Perícia sobre o caso Joice conclui que ninguém estranho entrou no prédio e que a deputada ficou cinco dias em casa

Por: Redação |

Uma perícia feita pelo Departamento de Polícia Legislativa (Depol) da Câmara dos Deputados, em câmeras de segurança, concluiu que nenhuma pessoa estranha entrou no apartamento funcional onde a deputada federal Joice Hasselmann (PLS-SP) mora, em Brasília, entre os dias 15 e 20 de julho. A corporação concluiu, nesta terça-feira (27), o inquérito que apura um incidente ocorrido no imóvel, na madrugada de 18 de julho.

A parlamentar afirma que acordou na madrugada com diversos hematomas e percebeu manchas de sangue no chão, mas não se lembra do que ocorreu. A Polícia Legislativa realizou perícia em 16 câmeras do prédio e ouviu funcionários que trabalham no local. O inquérito foi encaminhado para o Ministério Público Federal. Porém, o procurador Wellington Divino Marques de Oliveira decidiu devolver os autos à corporação. Ele afirmou que só vai se manifestar após o término de todos os laudos periciais, mas não detalhou quais faltam. O caso também está sendo investigado pela Polícia Civil do DF.

Na segunda-feira (26), Joice Hasselmann passou por exame toxicológico e de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), nove dias após o incidente. Nesta terça, agentes fizeram perícia no apartamento e no carro da parlamentar. Após a divulgação das conclusões da Polícia Legislativa, Joice divulgou uma nota, afirmando que há pontos cegos nas câmeras de segurança do prédio.

"Acrescento à nota da Depol um pequeno, mas imprescindível detalhe: não existem câmeras de segurança nas escadas, nem nas entradas dos apartamentos funcionais - eu mesma chamei a atenção para o problema em meu depoimento à Depol e agentes alegaram que seria para resguardar a 'privacidade' dos parlamentares", afirma.

Mudança de versões Na manhã desta terça-feira, a Secretaria de Comunicação da Presidência da Câmara dos Deputados disse à TV Globo que o Depol não havia identificado a entrada de nenhuma pessoa estranha no prédio onde mora Joice. A nota também diz que a perícia concluiu que a parlamentar não saiu do imóvel nesse período.

Mais tarde, uma segunda nota divulgada pela assessoria de comunicação da Câmara dos Deputados excluiu essas duas informações.

O G1 questionou a assessoria sobre a diferença entre as duas notas e o órgão respondeu que não confirmava as informações divulgadas à imprensa mais cedo. No meio da tarde, a Casa reenviou a primeira nota, confirmando o teor das informações.

 A Câmara também disse que há segurança nos apartamentos funcionais dos parlamentares. "Os prédios possuem vigilância armada e porteiros, ambos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada."

Prefeitura Municipal de Eunápolis

Veja outras matérias