Região

ESCÂNDALO EM CANES: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM

Por: Redação |

Nesta terça-feira (25),alguns vereadores se juntaram para gravar um vídeo sobre uma denúncia sobre o destino tomado pelas contas rejeitadas, referentes ao exercício de 2018, do prefeito Clóvis Roberto Almeida (PROS) de Canavieiras.

ESCÂNDALO EM CANES: Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM

Com documentação em mãos, eles descobriram que as contas já foram disponibilizadas desde agosto de 2021 e que as mesmas teriam sido retiradas no correio por uma funcionária da prefeitura.

ESCÂNDALO EM CANES: Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM

Tendo conhecimento da recepção feita por uma servidora do executivo e não do legislativo, Cleonildo, enviou novo ofício ao TCM comunicando que, até o momento, não se sabe o real paradeiro da documentação enviada.

ESCÂNDALO EM CANES: Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM

ESCÂNDALO EM CANES: Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM Canavieiras: Vereadores pedem investigação de contas rejeitadas pelo TCM

Em meio ao mistério das contas do gestor ter causado espanto e indignação nos membros do legislativo, foi convocada uma reunião para investigar os fatos e questionar ao Presidente da Casa, Clery Costa (PROS), a verdade sobre o acontecido, porém oficialmente não se obteve resposta até o presente momento.

Devido a falta de respostas do Presidente da Câmara, os representantes enviaram novo requerimento ao Tribunal de Contas solicitando cópia das respostas do órgão. Assinaram o requerimento: Cleonildo Tibúrcio (PROS), Cacá Guimarães (PDT), Roni da Pescan (PROS), Lescepis Macedo (PTB) e Cosminho do Hotel (PP). Confira

Diante dos fatos expostos, caso seja confirmado a retenção da documentação em poder do executivo, Clóvis poderá ser acusado de ocultar e suprimir documento público e deverá ser alvo de investigação e processos judiciais que podem lhe custar seu mandato e se confirmada a participação Clery Costa, também poderá ser alvo das mesmas sanções.

Veja o vídeo: 

 

Delta

Veja outras matérias